Como fazer o controle financeiro da sua oficina mecânica?

Qualquer empresa precisa de atenção com o controle financeiro. E as oficinas mecânicas não ficam de fora! É necessário organizar os gastos e os recebimentos para que a conta fique positiva no final do mês. Assim você poderá continuar crescendo! Saiba como fazer o controle financeiro da sua oficina mecânica.

Você precisa registrar tudo diariamente

O primeiro passo para ter um controle financeiro é você registrar tudo. Isso é um compromisso que sua oficina precisa assumir de forma rigorosa. São essas informações que vão dar origem ao seu fluxo de caixa.

Isso irá permitir que você tenha uma visão real da saúde financeira da sua oficina mecânica. Independente dos valores e dos motivos das entradas e saídas, não se esqueça de registrar essa movimentação.

Importante: não misture o dinheiro da empresa com o seu

É muito comum em empresas familiares, como as oficinas mecânicas, não haver a distinção clara entre o dinheiro da empresa e o pessoal. Isso traz o desequilíbrio de retiradas de dinheiro, atrapalhando o controle financeiro da sua oficina mecânica.

Dessa forma, você não pode pagar contas pessoais com o dinheiro da oficina. E muito menos fazer investimentos em seu negócio com seu dinheiro pessoal. Isso cria uma falsa impressão de como está o financeiro da empresa.

Defina um valor de retirada mensal seu, que será seu salário. Esse valor é chamado de pró-labore. Todo o restante do dinheiro é da oficina e deverá ser reservado para gastos e investimentos na empresa.

Tenha um planejamento de gastos

Para manter o controle financeiro da sua oficina mecânica é preciso saber planejar os gastos. Como ponto de partida, veja quais são os custos fixos da sua oficina. Estes são os gastos que se repetem mensalmente como o aluguel, pagamento de luz e água, salário de funcionários e até mesmo o seu pró-labore.

Outro fator importante do seu planejamento é saber quando vão ocorrer as entradas. Sua oficina aceita cartão de crédito? Então já tenha uma data de previsão deste recebimento.

Sabendo dos custos fixos e das entradas, você poderá planejar o seu financeiro. Também será possível saber quando você poderá fazer um investimento no seu negócio, como comprar um novo equipamento.

Use a tecnologia a favor do seu negócio

Foi-se o tempo em que o fluxo de caixa era feito em uma caderneta. Atualmente, existem diversos programas de computador (inclusive gratuitos) que podem te ajudar a fazer a gestão e o controle financeiro da sua oficina mecânica.

Em um mesmo software é possível fazer o cadastro de clientes, fazer o controle das contas a serem pagas e monitorar as entradas. Você poderá inclusive ter um controle do seu estoque e de seus fornecedores.

A tecnologia também pode ajudar nos processos internos com a emissão de ordens de serviço. Isso irá facilitar o controle do que acontece dentro da oficina.

Procure sempre os melhores fornecedores

Escolher comprar produtos dos melhores fornecedores é também uma forma de otimizar o controle financeiro da sua oficina mecânica. Um produto de origem duvidosa ou de má qualidade pode trazer um grande prejuízo para o seu negócio.

Ao escolher um produto de qualidade você irá melhorar o seu serviço, o que viabilizará um fluxo maior de entradas no seu caixa. Outro fator importante é a redução de gastos com o conserto de equipamentos ruins.

Por isso, conte com quem tem experiência de mercado e os melhores produtos. Conheça a nossa linha completa de equipamentos com o melhor custo-benefício para a sua oficina e faça um orçamento.